14 de nov de 2017

23. Fate's Destination

Água nos pés e areia passando entre meus dedos, cheiro salgado que fazem os olhos marejarem, amanhecer de uma quinta feira e olhando o horizonte, cabelos, agora curtos, ao vento. Eu estava sozinha, não só no momento, mas no mundo.
Me questiono muito nas minhas escolhas, meu ser em si, porque em mim não deveria caber mais nada, veja bem, nesses últimos 7 anos também tem sido um pesadelo, veja muito bem, não há diferença entre sonhos e pesadelos, nada parece real porque talvez não seja real, talvez eu não devesse esperar mais já que de inicio, era um plano, mas continuo tentando parecer poético, existindo somente para agradar, porque talvez não reste mais o ser para voltar.
Senti falta disso, de sentir algo, não precisei esperar tanto, o momento que você esta dentro d'água e nada parece tão claro de ser ouvido e o ar acaba se esvaindo... esvaindo... por um momento é instintivo buscar ar, tenta enxergar pra que lado é a luz, porém do lado errado, ou certo, depende do que você procura, nada para qualquer canto e percebe o desespero. Paro o segundo para sentir, lembra-se de momentos que adorou esperar por sofrer, o quanto sentiu falta de se sentir triste, de escorregar na parede ao chão gelado, ahh! o desespero! eu ainda existo, eu ainda estou presente nesse momento e aos poucos vai se esvaindo... esvaindo... mas a verdade é queria que minha existência estivesse se esvaindo, se houve algo para se esvair, que por favor, o faça.
E sente seus membros se tornarem dormentes, antes rijos agora apenas leves e olha aquela imensidão escura ao seu redor e abre os braços para abraça-la, não há salvação, apenas desespero, mas o meu tipo de desespero, o desespero ordenado. Vê beleza naquela situação, percebe o quão imponente é e o quanto queria estar ali ao mesmo tempo. E coisas param de ter sentido, e tudo parece tão apagado e sorri, não há tempo para gargalhar, e eu sou queria escrever sobre a sensação maravilhosa que estou sentindo.
E você percebe que só queria escrever sobre o que sentiu, e isso é tudo uma loucura, todos meus sentimentos. 

11 de nov de 2017

desonesto

Não sou uma mulher de escândalos, de sofrimentos aparentes, de mãos calejadas, de face honesta,  muito menos de opiniões populares, não sou feita disso. Maioria das vezes eu não sou honesta, mesmo sendo honesta, tenho mais de uma opinião sobre a mesma coisa porque situações me fazem pensar e não as descarto, sou de meias verdades. Só sou honesta comigo mesmo e por muito é problema, é indigesto, cheio de meias frases ditas, de opiniões ignoradas, de situações que nunca vão acontecer. Não sou corajosa, corajosos são estupidos, e estupidez não é uma caracteriza que me pertence, a não ser que conscientemente, há uma beleza ingênua por cima da coragem, de fazer coisas para não se arrepender, de não se importar com as consequências, de desbravar, de mártires, de ser algo a se inspirar. Pra alguém que requer coragem para se levantar e tomar um banho, não há competição. Mesmo querendo que as palavras se desentale da garganta, elas não vão sair, porque auto controle é uma característica que me pertence, que me possui, é calculado, é bem jogado. Meu pânico acabou e esta tudo sob controle e não há memórias tristes, nada para se arrepender, porque fazer nada é mudar nada e meu sistema é ótimo na inércia, e eu tenho saudade do pânico, porque pelo menos ali eu sentia alguma coisa, agora tudo parece que esta dentro d'água e acontece tudo muito lentamente. Essa semana me ocorreu algo que eu deveria me apavorar, e algo que requeria coragem de outra parte, mas não senti nada, só queria que continuasse, só para ver no que ia dar, mas isso é contra instinto doutrem e nada aconteceu, nada de interessante aconteceu, nenhuma conversa sobre e tudo empurrado para fora do sistema. Decepcionante, não há vontade de ser completamente honesta. 
Eu só precisava falar.

27 de out de 2017

Scythe #1

Mortals fantasied that love was eternal and its loss unimaginable. Now we know neither is true. Love remained mortal, while we became eternal.

30 de set de 2017

stray dogs

Não há nada que se valha a pena buscar ao preço de se prolongar uma vida em agonia.

24 de set de 2017

77 dias

há paz novamente. você sabe como é, aquela paz antes da turbulência, aquela paz entre as turbulências, o momento que você espera que não aconteça novamente, as vezes, nem acontece novamente, mas não quer dizer que foi sorte. simplesmente-não-aconteceu-novamente. isso é o que todos esperamos. até que chegue ao ponto que realmente não acontece ou você simplesmente para de se importar que aconteça. isso que eu acho que significa envelhecer, não se importar mais sobre. eu vou continuar esperando pela próxima turbulência, em novos voos, até que eu me aceite.

sorrio.
talvez.

15 de ago de 2017

Obrigada pelos peixes.

Esses ultimos 7 anos tem sido um sonho, mas as vezes, um sonho é apenas um sonho, mesmo que você controle tudo, você acorde as vezes para ir ao banheiro e comer e volte para o mesmo sonho.

3 de ago de 2017

22. Beautiful Casket

E eu continuo mantendo isso poetico. Eu sei que alguém vai ler, que seja pelo menos bonito, mas aqui e agora, não há beleza. Escrevo e apago diversas vezes, eu não quero você, leitor, me fazendo as perguntas erradas. Existem perguntas erradas e eu tenho o bom senso de não as perguntar, eu espero o mesmo. Maior parte de ser ou parecer inteligente é se manter calado. Porém, eu gostaria de pergunta-las... e esta mudando todo o ponto que eu deveria falar nesse post. É sobre alguém que não é nada mais que eu mesma, mas continuo jogando a bola para outros. Eu, eu mesma, toda sua plenitude, hoje, quero abraçar o mundo e quebra-lo em milhares de pedaços, porque eu não consigo ver essa coisa tão inteira e me sentir tão quebrada, mas só hoje. Amanhã acordarei montando os pedaços que me restam e sonhar com coisas que nunca irão se realizar, só para repetir o ciclo. Hoje quero contar tudo sobre mim a todos, sem medo de magoar outras pessoas ou de parecer arrogante. Amanhã... Não há amanhã depois desse dia, eu nunca cometeria esse erro, eu não sou tão estupida, só sou vulnerável para parecer poético, eu estou sempre presente nas decisões que faço e é sempre muito bem pensado, porque é do que eu sou feita, sem ponta soltas, ou se estou soltas é pelo senso estético, por que eu jogaria se não fosse um jogo bonito? - sorri.

23 de jul de 2017

19 de jul de 2017

18 de jul de 2017

09.07.17

what a hell was i thinking. why after all this time. respira fundo. meses de meditação e vem um banho de água gelada, assim, do nada, no meio desse frio, por causa de cabos oxidados, quanto dano e não há o que fazer, apenas aceitar o status quo.
talvez ano que vem, talvez no próximo, but damn. por que hoje? por que naquele dia? por que eu sou tão boa nisso? então se passa um mês ou dois, me esqueço, eu quero esquecer, viver e digerir ao mesmo tempo, então tudo para de funcionar ao mesmo tempo, meus gestos não condizem mais com o comando do meu cérebro. onde era o botão auto destruição começa a fazer decisões sensatas e seguir um manual de conduta, começo a ponderar decisões. não há pânico.
não vê o problema? conheço pessoas que matariam por este sistema de defesa. é tudo perfeito, exceto que eu não sou. nada é impulsivo, tampouco é algo que eu realmente faria na situação, eu pegaria o caminho rápido, o sistema pega o certo. eu não quero certo, mas aparentemente não é mais sobre o que eu quero, é o que estou sendo, apenas. eu sou aquele principal com o nome estranho que derrota dragões, conquista amores com sete palavras e você é a denna, aquela raposa, a resposta do que amar e odiar ao mesmo tempo, de estar perto e longe, ser quente e frio, saber e não saber, entre ficar e ir embora... e quase sempre escolhe ir embora. o principal nunca teve uma chance porque eles eram o mesmo, eles não conseguiam ser ao mesmo tempo. ser quem queriam ser e quem deveriam ser. não há equilíbrio.
então eu durmo no meio da cama, de braços aberto, meditando o sentimento para que seja absorvido o mais rápido possível, without any casualties. tentando não imaginar o que poderia ser, o que provavelmente não seria mesmo assim. inspira 1 2 3 espera 1 2 3 expira 3 2 1 repete. que morte horrível 1 2 3 what a shame 3 2 1. sem o sistema eu não iria resolver mesmo 1 2 3 - segura a respiração - 1 2 3 mas eu criaria a oportunidade 3 2 1. e então dar all in 1 2 3 hell no! i only play to win 3 2 1. quem to querendo enganar 1 2 3 então atue como uma pessoa amargurada 1 2 3 para se arrepender é preciso muito mais coragem 3 2 1.
como pode ver, só se pode controlar o que se tem entendimento, sem isso, é apenas adivinhação, superstição, a margem do que poderia ser. seus sonhos e esperanças. sorte. síndrome do impostor. então não corra do medo, olhe com um olhar sedutor e definitivamente, não mergulhe dentro, espere que venha ao seu encontro enquanto pensa em como lidar com isso. do jeito sensato. que - no momento - é não lidar, é deixar-se roer por dentro, é não criar, não discutir e seguir o fluxo.
que dia frio.

4 de jul de 2017

18. So, I Want You to Be Here for My Sake

"You know what Francis said to me when he proposed? I remember his exact words. He said, 'Claire, if all you want is happiness, say no. I'm not gonna give you a couple of kids and count the days until retirement. I promise you freedom from that. I promise you'll never be bored.' You know, he was the only man - and there were a lot of others who proposed - but he was the only one who understood me. He didn't put me on some pedestal. He knew that I didn't want to be adored or coddled. So he took my hand and put a ring on it. Because he knew I'd say yes."

5 de jun de 2017

1 de jun de 2017

It's my sweet beginning

And I can tell just what you want
You don't want to be alone
You don't want to be alone
And I can't say it's what you know
But you've known it the whole time
Yeah, you've known it the whole time ♪

27 de mai de 2017

17. Those Who Cannot Be Forgiven

não é segredo que não perdoou.

15 de mai de 2017

about driving.

Some days, 24 hours is too much to stay put in, so I take the day hour by hour, moment by moment. I break the task, the challenge, the fear into small, bite-size pieces. I can handle a piece of fear, depression, anger, pain, sadness, loneliness, illness. I actually put my hands up to my face, one next to each eye, like blinders on a horse.

16. Immortal Man


I've been counting all the minutes
And the days have been counting me ♪

11 de mar de 2017

15. Saving the World

That's the plan!

19 de jan de 2017

18 de dez de 2016

14. Princess of Lies

Como é o nome de quando você esta observando uma situação e sabe que isso vai ficar guardado na memória, mesmo que não tenha nada particularmente interessante sobre a situação? Tal como você simplesmente ir na fila da cantina e comprar um copo de suco e uma coxinha? Sinto como se não sentisse mais nada, sem classificação, guardar uma memória esperando que seja importante para se pensar no futuro ou algo do gênero? Eu só estava segurando um colar e andando pela escola.
Não há prazer na felicidade ou alegria mas também não há loucura na infelicidade, uma constante de médio à pior. Desespero, isolamento e ansiedade. E é por isso que eu aprecio a solidão, para não ficar -mais- louca.

11 de nov de 2016

17 de out de 2016

13. Our Crime & Punishment

O tempo passa, não tem como evitar.
E quanto mais o tempo passa, mais as coisas se provam como elas realmente são. E nesse ciclo de inércia nós continuamos nos lembrando como as coisas eram e comparando como são. 
E o tempo passa para provar que as coisas são como são. Não tem como voltar porque não há para onde voltar. Todas as memórias felizes vão ser apenas memórias. Todas as memórias tristes são apenas memórias. 
Alguém me disse que o tempo muda as pessoas. Tudo são apenas memórias e você agora é tudo que as memórias te permitem lembrar. Algumas memórias estão mais vividas que outras. Algumas sequer existiram e foram plantadas ali.
Outro disse que as pessoas não mudam. E não tem nenhum drama nisso. Lembrar ou deixar de lembrar. O único caminho é pra frente. Aquela cena é a melhor. O que fazemos? Festa! É tudo sobre o ar ser diferente lá em cima, o poder das suas decisões, se hoje serei capaz de voar, o ultimo sorriso é sempre o mais sincero, porque quanto mais você mente, mais fácil fica, até que...
Não tem como voltar, o tempo. Não tem para onde voltar. São apenas memórias. Não há perdão. Não há o que salvar.

...but my mind holds the key.

25 de ago de 2016

life matters

I don't like Mondays, but unfortunately they come around eventually.

29 de jun de 2016

12. The Wheel That Spins Us Round

as vezes as pessoas nem consideram a possibilidade e ficam de recalque, "ah, milionário, filhinho de papai, ai ta fácil". entenda, se a pessoa tem isso como meta, nada vai impedir. a diferença é a curiosidade e você vê: ah, nem era tudo isso que eu pensei que fosse.

2 de mai de 2016

11. You Have Finally Realized It

Viver com medo não vale a pena. Simplesmente... Não vale a pena.

28 de abr de 2016

ps fw af

a ferramenta trabalha para você, não ao contrario.

25 de abr de 2016

Do not resist. Do not hide. If you run, you'll die tired.

17 de mar de 2016

10. Because I Love Him

I only prays that I die before Hannah. That’s all. And anything else that happens is all right. I don’t think it makes any difference anyway, ‘cause I’ve prayed for things that haven’t happened and I haven’t prayed for things that have happened, so I don’t think it matters whether you believe in God or not. Just that’s what I thinks, anyway. 'Cause I’ve met people what don’t believe in God that are nice and what are horrible, and I’ve met people that do believe in God what are nice and what are horrible, so just be nice. That’s the easiest thing, just be nice. And that’s what I… I’m nice. Not 'cause I thinks I’ll get into heaven or anything. I don’t know. But when I does nice things, I feels nice. And when I does bad things, I feels bad. That’s how I knows. 

— Derek Noakes (Ricky Gervais), Derek (S01E06)